Estamos em conformidade com as normas LGPD e a resolução CFM/2299 – saiba mais

Como abrir uma clínica multidisciplinar: o que você precisa saber

Descubra como abrir uma clínica multidisciplinar em 5 passos, as vantagens dessa categoria de empresa e um panorama do mercado da saúde no Brasil.
Médicos de clínica multidisciplinar reunidos olhando o tela de computador

A clínica multidisciplinar se encaixa como um modelo de atendimento que abrange diversas áreas médicas e integra vários profissionais que têm a possibilidade de trabalhar em conjunto caso seja a necessidade de um paciente.

Em alguns casos específicos de tratamento, o paciente pode encontrar profissionais de diferentes áreas em um só lugar, o que aumenta o conforto e facilita alguns procedimentos que envolvem pedidos de exames médicos, agendamentos de consulta, entre outros.

Acompanhe a leitura e veja como abrir uma clínica multidisciplinar, quais são as vantagens de começar esse tipo de negócio e também como essa modalidade de empresa é vista no mercado.

Panorama das clínicas multidisciplinares
Vantagens de abrir uma clínica multidisciplinar
Como abrir uma clínica multidisciplinar em 5 passos
Não deixe de monitorar os resultados

Panorama das clínicas multidisciplinares

Não é tão comum vermos clínicas multidisciplinares espalhadas pelas cidades. Em locais mais remotos, o acesso a um ambiente que proporciona mais de um profissional com diferentes especialidades torna-se ainda mais difícil.

Entretanto, esse modelo de clínica pode ser uma boa alternativa para concentrar um maior nível de atendimento e qualidade para a empresa. Em uma pesquisa da Universidade de Melbourne, 84% pacientes que receberam tratamento gastrointestinal em uma clínica multidisciplinar apresentaram uma melhora global dos sintomas.

Ainda no mesmo estudo, foi apontada uma melhora expressiva no bem-estar psicológico dos pacientes com uma queda de 40% nos índices de depressão, um número muito alto em comparação com o tratamento tradicional, que chegou a relatar apenas 9% de queda.

Em uma rápida busca pelos mecanismos de pesquisa da internet, é fácil identificar a carência das clínicas multidisciplinares no Brasil. A grande maioria dos resultados aponta que essa modalidade tem maior sucesso nas grandes capitais, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Essa impressão pode ser confirmada de acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE, apontando que o Brasil possui cerca de 1.200 clínicas multidisciplinares, sendo que 80% delas estão localizadas principalmente na região Sul e Sudeste do país.

Para investidores ou até mesmo para empresários que pensam em montar sua própria clínica e disponibilizar serviços de atendimento em diversas modalidades médicas, ainda há espaço a ser explorado no mercado, mesmo nos pontos onde já existe uma incidência maior das clínicas multidisciplinares.

Médica brincando com menina de cerca de 10 anos

Vantagens de abrir uma clínica multidisciplinar

O ramo de clínicas médicas é sempre visto com bons olhos no mundo dos investimentos, principalmente quando mira-se no retorno financeiro. Devido à vasta quantidade de habitantes nos estados do país, de modo geral, a demanda médica está sempre em alta nas clínicas e hospitais.

Essa alta demanda proporciona um ambiente seguro para a abertura de novos empreendimentos no setor da saúde. Entretanto, para pacientes que necessitam de um cuidado amplo para verificar mais de um aspecto de sua saúde por profissionais de diferentes áreas, as clínicas multidisciplinares se destacam por sua versatilidade. 

Abaixo, destacamos 5 vantagens que as clínicas multidisciplinares possuem em relação às clínicas tradicionais:

  1. Comodidade para o paciente

Como citamos brevemente acima, alguns pacientes possuem necessidades que abrangem mais de uma área da saúde específica.

Geralmente, quando este mesmo paciente é consultado por um profissional que atua em uma clínica multidisciplinar, isso pode ocasionar na descoberta de outros problemas associados, para os quais a clínica pode providenciar ajuda no mesmo ambiente, sem que o paciente precise se deslocar para outra unidade.

  1. Redução de riscos da saúde

Em uma clínica onde vários profissionais convivem, a troca de informações de um mesmo paciente pode ser valiosa no tratamento ou na prevenção de novos problemas de saúde.

Com uma rápida conversa, é possível fazer o encaminhamento do paciente para outro profissional especializado, o que aumenta a probabilidade de sucesso na descoberta de um problema específico ou no aprimoramento de métodos para tratamento ou troca de medicação.

Além disso, também é possível evitar o conflito de medicamentos, já que algumas receitas podem ter efeitos colaterais indesejados caso tenham contato com outra medicação específica.

  1. Confiança no trabalho prestado

Com uma equipe multidisciplinar de qualidade, o paciente se sente mais confiante e acolhido pela clínica, já que vários profissionais podem atuar ao mesmo tempo em prol da saúde e qualidade de vida.

  1. Reputação como referência médica

Quando a clínica envolve vários profissionais competentes e possui uma boa organização interna para receber e atender os pacientes com qualidade, a sua reputação como referência no setor da saúde aumenta com muita facilidade, já que os clientes tendem naturalmente a recomendar o serviço caso sejam tratados com humanidade e respeito.

  1. Maior demanda de consultas

Com mais de uma especialidade médica concentrada em um único ambiente, a chegada de pacientes pedindo por orientações torna-se mais comum conforme a clínica cresce e se estabelece no mercado.

Com o aumento da procura, as chances de agendamento e redirecionamento médico crescem na mesma proporção, o que gera destaque e também retorno financeiro.

Leia também: 11 vantagens de um software de gestão para clínicas 

Médica realizando ressonância em paciente

Como abrir uma clínica multidisciplinar em 5 passos

Em qualquer tipo de negócio, o processo de abertura da empresa pode ser um passo que gera dúvidas, já que para cada ramo existem etapas específicas e diferentes. Essas etapas, caso feitas de modo errôneo, têm o potencial de causar prejuízos a longo prazo.

Como abrir uma clínica multidisciplinar pode ser uma questão quando se decide começar esse tipo de negócio, afinal, os cuidados precisam ser redobrados, já que a área da saúde necessita que alguns protocolos sejam seguidos à risca.

1 – Defina as especialidades da clínica

Essa etapa é fundamental para ter uma boa organização dos profissionais que atuarão em conjunto em um mesmo ambiente. Uma escolha certeira passa pela relação de uma especialidade com a outra. Geralmente, especialidades que se complementam tendem a ser as melhores opções.

Também é importante definir qual o foco da clínica para dar continuidade na escolha das áreas, por exemplo, caso o foco seja voltado para o nicho de saúde esportiva, as áreas de nutrição, psicologia e fisioterapia podem se complementar. Outro caso, mudando o foco para doenças mais graves, as especialidades poderiam ser de psiquiatria, oncologia e radiologia.

Nestes casos, citamos apenas 3 especialidades, mas esse não é o número limite. Sempre há a possibilidade de promover mais profissionais trabalhando em um mesmo ambiente, desde que a estrutura esteja devidamente preparada para realizar os atendimentos.

 2 – Escolha os profissionais para compor a equipe

Após a escolha da especialidade, é crucial ter à disposição profissionais certificados e de qualidade para prestar serviço à clínica. Neste ponto, é preciso levar em consideração alguns aspectos como a qualidade da formação, a experiência na área e a afinidade com o que a clínica propõe.

O perfil do profissional também deve ser visto com cuidado, já que ele precisará estar em contato com outros profissionais. Um perfil que possua traços colaborativos e que seja paciente é ideal para a atuação na clínica multidisciplinar.

3 – Local e estrutura da clínica

A estratégia de como abrir uma clínica multidisciplinar passa por muitas etapas, uma delas é a escolha do local. Se a decisão envolver mais destaque, como no centro da cidade, geralmente serão opções caras para espaços pequenos ou médios e, visto que a clínica é multidisciplinar, pode acabar se tornando inviável em um primeiro momento.

Entretanto, existem outros pontos que devem ser levados em consideração, como o local de acesso, para que não fique escondido ou com pouca visibilidade, a qualidade da infraestrutura, a decoração, a iluminação do ambiente, a ventilação e a acústica do local.

Além disso, a clínica deve oferecer um ambiente confortável, agradável, funcional e adequado às normas sanitárias e de acessibilidade, promovendo a manutenção periódica tanto das mobílias quanto dos materiais e insumos.

4 – Elabore um plano de negócios e marketing

Os objetivos e metas financeiras são elementos importantes a serem definidos antes da abertura da clínica, pois eles traçam o caminho de progresso a curto, médio e longo prazo. Nesse momento, é imprescindível ter uma boa compreensão do mercado, da concorrência e ser realista quanto ao futuro da empresa.

Já na parte de marketing, o ideal é traçar um plano com o auxílio de agências especializadas e que já tenham experiência prévia com empresas do mesmo segmento. Um dos primeiros passos dessa caminhada é a definição do público-alvo, pois é a partir disso que os tipos de anúncio, o tom de voz, a linguagem usada e outros elementos publicitários serão então elaborados.

Pilha de documentos com clipe de segurança

5 – Legalização da clínica

Como abrir uma clínica multidisciplinar rapidamente? Não foque nisso. Foque em agir em conformidade com a legislação e tenha em mente que o processo burocrático para atuar legalmente no setor da saúde tende a demorar alguns dias ou semanas para sinalizar o aval.

É necessária a regularização do CNPJ, dos documentos e licenças para a atuação no espaço, bem como a vistoria realizada pelos bombeiros relacionada aos extintores, saídas de emergência, entre outros.

Além disso, é necessário o alvará sanitário, o registro nos conselhos profissionais, o contrato social que deve estar vigente e de acordo com as normas do comércio, além do contrato de locação caso o ambiente não esteja adquirido, e também os contratos de prestação de serviço.

Após seguir essas etapas, as atividades administrativas precisam ser organizadas de acordo com a estrutura da empresa. Portanto, a verificação das questões fiscais, tributárias, trabalhistas, jurídicas e operacionais precisam estar alinhadas para o bom funcionamento da organização.

Leia também: Gestão financeira para clínicas: relatórios financeiros

Não deixe de monitorar os resultados

Para o constante progresso da clínica, é vital possuir indicadores de sucesso. Esses indicadores se manifestam de diversas formas, seja no número de pacientes que a clínica recebe, o grau de satisfação medido pelos feedbacks, o índice de fidelização, o lucro da empresa, entre outros.

O tipo de indicador permite comparar o desempenho da clínica com padrões de referência, identificar pontos fortes e fracos, e implementar ações de melhoria contínua.

O monitoramento de resultados na clínica traz diversos benefícios, tanto para os gestores, quanto para os profissionais e os pacientes. Entre eles, podemos destacar:

  • Aumento da qualidade e da segurança dos serviços: o monitoramento de resultados permite detectar e corrigir falhas nos processos, reduzir erros, prevenir complicações e danos, e garantir a conformidade com as normas e protocolos clínicos.
  • Otimização dos recursos e da produtividade: permite avaliar a relação custo-benefício dos serviços, eliminar desperdícios, racionalizar o uso de insumos e equipamentos, e aumentar a capacidade operacional das clínicas.
  • Melhoria da satisfação e fidelização do paciente: ao analisar os índices de qualidade no serviço, é possível conhecer as necessidades e as expectativas dos pacientes, oferecer um atendimento personalizado, humanizado e de qualidade, e fortalecer a confiança e a credibilidade da clínica.

Entretanto, a melhoria também deve passar pela equipe que faz parte da clínica. Por isso, é preciso envolver e capacitar os profissionais, criar uma cultura de qualidade e de melhoria contínua, e estabelecer uma comunicação transparente e eficaz entre os diferentes níveis e setores da organização.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades todas as semanas em seu e-mail

Posts relacionados

Saiba como realizar seu controle de vacinas para sempre ter um estoque disponível para as aplicações.
Entenda como o feedback do paciente impacta na imagem de sua clínica e transforma seus clientes em promotores da sua marca.
Saiba como a telemedicina e a telessaúde podem reduzir custos, ampliar o acesso à saúde e melhorar a qualidade dos atendimentos na clínica.
Descubra como um software prontuário médico facilita a rotina da sua clínica, melhora o atendimento e aumenta a produtividade da sua equipe.

Antes de falar com nosso time comercial,
nos informe:

Está buscando atendimento médico? Clique aqui

É paciente? Atenção!

Nosso sistema é exclusivo para gestão de clínicas, consultórios e operadoras de saúde. Se você precisa de atendimento, conheça nosso agendamento online e encontre os melhores profissionais.