Estamos em conformidade com as normas LGPD e a resolução CFM/2299 – saiba mais

Pesquisar

Como escolher a melhor plataforma de telemedicina?

A telemedicina já mostrou que veio para ficar, e nós podemos ajudar com as melhores dicas para escolher uma boa plataforma.

O atendimento remoto ganhou espaço nos últimos anos e, com isso, a adesão à plataforma de telemedicina se tornou uma prática comum entre profissionais da saúde.

Apesar de conhecermos bem o motivo do aumento de buscas mais recentes por teleconsultas, de 2020 para cá muito devido às necessidades impostas por um novo cenário pandêmico, dúvidas são comuns.

Será que a telemedicina irá prosperar mesmo após o fim da pandemia?

Este é um bom momento para investir nessa nova tecnologia para a saúde e implementar uma ferramenta atual, correndo o risco de cair em obsolescência em algum tempo?

Este artigo promete sanar estas dúvidas, mas já na introdução é possível avisar: invista em telemedicina sem medo. Hoje este é um recurso muito mais próximo ao futuro do que ao passado. Vamos conhecer as razões?

Por que apostar em uma plataforma de telemedicina?
Como profissionalizar atendimentos remotos através de uma plataforma de telemedicina?
3 características que uma plataforma de telemedicina precisa ter?
Qual a melhor plataforma de telemedicina?

Por que apostar em uma plataforma de telemedicina?

Ao pensarmos com objetividade e avaliarmos as estatísticas, diversos estudos já mostraram a atual preferência de pacientes pela telemedicina.

A situação pandêmica que o mundo viveu em 2020 introduziu à população a esse conceito ainda pouco praticado.

Isso fez com que, aos poucos, especialmente quando tinham um atendimento realizado em uma boa plataforma, por um bom profissional, a versão remota fosse a escolha da maioria dos pacientes.

Um destes estudos, realizado pela Associação Paulista de Medicina (APM) em conjunto com a Associação Médica Brasileira (AMB), mostra um crescimento de preferência da modalidade por médicos e pacientes.

Também foi levantado que pelo menos metade dos profissionais da saúde em território nacional já aderiram à telemedicina.

De acordo com o estudo, em número de pacientes, cerca de 64,3% aceitaram, aderiram e hoje gostam da modalidade de atendimento.

Pois este dado se mostra elevado em relação ao que aponta pacientes que recorreram à ferramenta devido à pandemia, mas não se adaptaram muito: 34,4%.

Isto tudo contra apenas 1,3% da população que resiste à implementação do novo recurso de atendimento online.

Agora que identificamos que a telemedicina ultrapassou as barreiras da tendência e veio para ficar, já tendo sido criada uma portaria e uma nova regulamentação para seu exercício, vamos às melhores maneiras de profissionalizar esta modalidade de atendimentos.

Leia também: Como implantar telemedicina na clínica: confira o guia – Amplimed

Como profissionalizar atendimentos remotos através de uma plataforma de telemedicina?

Existem algumas informações básicas, que foram divulgadas pelo Conselho Federal de Medicina em abril deste ano, na nova regulamentação, que devemos relembrar na hora de profissionalizar seu exercício.

Abaixo você confere algumas delas para não cair em armadilhas que podem levar à modalidade é uma informalidade fora da ética médica.

1. Telemedicina não é WhatsApp: não entre na raia dos atendimentos informais, por WhatsApp, FaceTime ou qualquer outro canal que não seja um sistema seguro como um software com plataforma de telemedicina, isso é priorizar a segurança para médico e paciente. A definição se o médico deve atender determinado paciente via telemedicina também pertence exclusivamente ao profissional da saúde;

2. O atendimento por telemedicina deve ser registrado: o artigo 3, parágrafo 1º da nova regulamentação, atesta que o registro deve ser feito através de prontuário médico físico ou eletrônico. Esse documento garante a validade jurídica do atendimento.

3. A cada 180 dias você deve trazer seu paciente para o presencial: a nova resolução da CFM sobre telemedicina estipulou o prazo de seis meses para uma avaliação presencial para um paciente que se consulta através das plataformas de teleconsulta.

4. Entenda a importância dos termos de autorização: o termo, no caso da telemedicina, explica para o paciente os limites daquele atendimento. Este termo pode ser padrão, não necessariamente feito para cada especialidade ou personalizado por paciente. A Amplimed já possui o termo padrão, constantemente atualizado, e você também tem a opção de fazer o upload do seu termo dentro da plataforma.

5. Aproveite e utilize as melhores ferramentas do software da Amplimed: nosso sistema possui, além dos termos de autorização, uma plataforma de telemedicina integrada ao prontuário eletrônico, e outras dezenas de recursos para garantir a segurança do seu atendimento. E nunca esquecemos: nosso software evolui com vocês! É através dos registros que vocês fazem, das necessidades e dúvidas que demonstram, que nós acrescentamos e aprimoramos nossas ferramentas, moldando o melhor software de gestão em saúde para os melhores profissionais.

3 características que uma plataforma de telemedicina precisa ter

É preciso manter o profissionalismo acima de tudo, especialmente em um sistema de atendimentos remotos.

Portanto, algumas características são essenciais para formalizar esta categoria. Você confere a seguir uma lista com algumas delas:

Segurança: talvez seja a necessidade primordial. Para que ambas as pontas, médicos e pacientes se sintam seguros, é necessário possuir um sistema de gestão que disponibilize a telemedicina pautada na Lei Geral de Proteção de Dados.

Dessa forma, é possível assegurar que as informações dos pacientes estarão em uma rede de armazenamentos confiável.

Digitalização: Um aplicativo ou um software de telemedicina que disponibilize apenas a vídeo chamada não é o bastante para um atendimento de excelência.

Isso porque muitas vezes a consulta utiliza um sistema de compartilhamento de mídias e documentos para verificar e armazenar laudos e imagens de exames.

Além disso, é recorrente a necessidade de prescrições em atendimentos, portanto, um software que possibilite, de maneira segura, a prescrição online com assinatura digital, deixa sua clínica alguns passos à frente da concorrência.

Prontuário eletrônico: a associação de plataforma de telemedicina ao prontuário eletrônico é uma integração que deu certo e veio para ficar.

Afinal de contas, em muitos casos a queda da qualidade do atendimento se dá pela perda de foco do profissional da saúde sobre o paciente.

Então, um sistema que possui prontuário e videochamada na mesma tela auxilia na atenção do médico, possibilitando que ele realize toda a consulta em uma única janela, amplie sua escuta e dedique um tratamento mais humano ao seu paciente, apesar de cercado pela tecnologia.

Qual a melhor plataforma de telemedicina?

Após apontar os recursos necessários para um bom desempenho desta modalidade de atendimento, chegamos à conclusão de que o software de gestão da Amplimed preenche os requisitos supracitados.

Segura com sua base de informações respeitando as normas da Lei Geral de Proteção de Dados, com prontuário eletrônico integrado à telemedicina e assinatura digital padrão ICP-Brasil.

Vale a pena conhecer e você pode contatar hoje o mesmo o nosso time para experimentar o sistema Amplimed.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades todas as semanas em seu e-mail

Posts relacionados

Conheça o sistema de gestão que auxilia no gerenciamento de sua clínica de ponta a ponta e descubra 9 formas práticas para diminuir custos.
Conheça os benefícios, os desafios, as principais integrações e muito mais sobre o prontuário eletrônico, suas funcionalidades e implementação.
Você sabe por que deve implementar um sistema de agendamento médico em sua clínica? Conheça 6 benefícios que podem convencê-lo.
Como medir o faturamento da clínica? Saiba como um sistema de gestão pode ajudar no controle financeiro do seu negócio de saúde.

Antes de falar com nosso time comercial,
nos informe:

Está buscando atendimento médico? Clique aqui

É paciente? Atenção!

Nosso sistema é exclusivo para gestão de clínicas, consultórios e operadoras de saúde. Se você precisa de atendimento, conheça nosso agendamento online e encontre os melhores profissionais.