Estamos em conformidade com as normas LGPD e a resolução CFM/2299 – saiba mais

Pesquisar

CMIO: conheça o cargo do futuro em tecnologia da saúde

O CMIO é um novo cargo que chega para transformar a área da saúde. Quer saber tudo sobre ele? Leia em nosso artigo!

À medida que as áreas tecnológicas têm se desenvolvido, observamos também a criação e expansão de novos cargos. Neste momento nasce o CMIO.

Um profissional da saúde que já ocupa um nível de ascensão e vem ganhando destaque em países, se tornando até comum em territórios como os Estados Unidos, agora chega ao Brasil.

Durante este artigo você entenderá quem é este profissional, como ele surgiu, onde esse profissional se encontra hoje e qual é a importância de ter um CMIO em um mundo de crescentes inovações em tecnologia da saúde.

O que é CMIO?
O que significa CMIO?
Como surgiu?
Quais são as funções do CMIO?
Qual é a importância de ter um CMIO?
O que você precisa saber sobre o novo cargo que chegou na tecnologia da saúde?

O que é CMIO?

Um cargo recente na área da saúde no Brasil, já não é tão novo assim nos Estados Unidos.

O CMIO é um líder, uma espécie de diretor, capaz de conectar a comunicação entre equipe médica dos hospitais à equipe de tecnologia da informação (TI).

Este profissional tem despontado em outros hospitais, mas não deve, e já não está se limitando apenas a essas instituições.

Hoje, vemos um movimento de migração do cargo para laboratórios e as próprias empresas de tecnologia na área da saúde, como softwares de gestão.

O que significa CMIO?

A sigla CMIO significa Chief Medical Information Officer que, em tradução livre, pode ser descrito como o cargo de Líder de Informática Médica.

Ele pode ser ocupado tanto por um médico com especialização ou conhecimentos aprofundados em tecnologia da informação, quanto por um profissional de TI com experiência em sistemas de saúde.

médicos conversando e analisando dados no computator

Como surgiu?

Nenhum cargo surge do dia para a noite, especialmente se levarmos em consideração cargos tecnológicos, que surgem somente depois de uma demanda pautada sob inovações recentes.

Quando um novo produto, uma nova tecnologia surge, normalmente constrói-se, com o tempo, a necessidade de alguém para tomar conta daquilo.

Os hospitais já estão familiarizados com a tecnologia há algum tempo, prontuários eletrônicos, relatórios de pacientes, utilização de sistemas em nuvens.

Leia mais em: Como o software médico com prontuário eletrônico da Amplimed ajuda a atrair pacientes

Mas, muitas vezes, é necessária uma pessoa que conecte esse médico aos sistemas de tecnologia da saúde, que assegure que os dados estejam sendo utilizados da forma apropriada, segura e legal, analisando o uso dos processos digitalizados e, por vezes, oferecendo treinamentos.

Portanto, voltamos à etapa da demanda: o aumento acelerado da tecnologia do meio da saúde, especialmente após a pandemia de Covid-19, fez com que houvesse uma alta na procura por profissionais que funcionassem como o elo entre a medicina e o TI, surgindo, assim, o CMIO.

médico palestrando para grupo de pessoas

Quais são as funções do CMIO?

O CMIO pode ser considerado um cargo multifuncional, com tarefas padrão a serem executadas, mas também com variações dependendo do meio em que se insere: uma empresa de software médico, um hospital ou laboratórios podem ter algumas necessidades diferentes.

Aqui, trataremos do principal solicitado que este profissional execute em seu dia a dia:

  • Desenvolvimento, integração e manutenção de sistemas de TI e softwares de saúde;
  • Aprimorar a digitalização da clínica, hospital, laboratório através de sistemas tecnológicos;
  • Elaborar, analisar e auxiliar o uso correto de ferramentas para atendimento como o prontuário eletrônico do paciente (PEP) e prescrições médicas;
  • Padronizar códigos e terminologias médicas;
  • Controlar dados e gerar relatórios com a maior precisão possível;
  • Produzir treinamentos e introduzir novas tecnologias da saúde e sistemas aos médicos e profissionais da área, incentivando seu uso e traçando um plano de estratégia de TI.
cadeado em cima de teclado de computador

Qual é a importância de ter um CMIO?

Estamos vivendo um momento de expansão da tecnologia na área da saúde, e novidades surgem a cada ano, seja porque a busca pelo desenvolvimento e inovação é constante, seja por necessidades urgentes.

Este segundo ponto foi o caso do cenário vivido durante a pandemia de Covid-19 e que faz, até hoje, com que recursos aperfeiçoados naquela época permaneçam no nosso dia a dia, como é o caso da telemedicina.

Associado a isto, as health techs vem encontrando cada vez mais espaço de crescimento no Brasil.

A renda bruta que os hospitais privados de todo o país chegam a gerar em um ano é cerca de R$30 bilhões, de acordo com a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP).

Já o setor de assistência privada à saúde, movimenta em torno de R$90 bilhões ao ano, segundo informações da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge).

homem digitando no computador

O que você precisa saber sobre o novo cargo que chegou na tecnologia da saúde?

Antes de mais nada, quem pode ser um CMIO? 

Quem ocupa o cargo é normalmente um médico que se especializou em tecnologia da informação, ou um profissional de TI que tem experiência lidando com dados de saúde. 

Além de responsabilidades listadas acima, como integração de sistemas, desenvolvimento e acompanhamento de ferramentas como prontuário eletrônico e prescrições, existe uma outra função essencial para o CMIO: a prevenção de danos.

Como este profissional lida diretamente com dados de médicos e pacientes, ele auxilia as empresas em contenção de gastos, previsão de tendências e barra ataques cibernéticos que podem prejudicar a reputação de um sistema tecnológico de saúde, mantendo a confiança.

Compartilhando processos de forma segura, o CMIO auxilia na interoperabilidade e digitalização das instituições de saúde, e é a profissão do futuro, porque já não há mais como voltar atrás neste casamento que é a tecnologia e a medicina.

Você confere mais informações sobre o desenvolvimento e as informações de health techs no blog da Amplimed.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novidades todas as semanas em seu e-mail

Posts relacionados

Conheça o sistema de gestão que auxilia no gerenciamento de sua clínica de ponta a ponta e descubra 9 formas práticas para diminuir custos.
Conheça os benefícios, os desafios, as principais integrações e muito mais sobre o prontuário eletrônico, suas funcionalidades e implementação.
Você sabe por que deve implementar um sistema de agendamento médico em sua clínica? Conheça 6 benefícios que podem convencê-lo.
Como medir o faturamento da clínica? Saiba como um sistema de gestão pode ajudar no controle financeiro do seu negócio de saúde.

Antes de falar com nosso time comercial,
nos informe:

Está buscando atendimento médico? Clique aqui

É paciente? Atenção!

Nosso sistema é exclusivo para gestão de clínicas, consultórios e operadoras de saúde. Se você precisa de atendimento, conheça nosso agendamento online e encontre os melhores profissionais.